CEO da Uber diz que serviço de 'carro voador' deve começar em até 10 anos

Dara Khosrowshahi discursou durante um fórum de transportes em Tóquio, no Japão

O presidente-executivo da Uber, Dara Khosrowshahi, afirmou nesta terça-feira (20) que vê possibilidade de iniciar o serviço de viagens com "carro aéreo" em um prazo de cinco a dez anos.

Dara Khosrowshahi, CEO da Uber, durante o Fórum Econômico Mundial. (Foto: Denis Balibouse/Reuters)
Dara Khosrowshahi, CEO da Uber, durante o Fórum Econômico Mundial. (Foto: Denis Balibouse/Reuters)

Khosrowshahi discursou em um fórum de investidores em Tóquio em sua primeira visita à Ásia como presidente-executivo da Uber.

Fabricantes de aplicativos de transporte como a Uber vêem o Japão como um mercado muito lucrativo por ser bastante populoso.

Para começar a operar no país, pressionam os reguladores para afrouxar as regras rigorosas que governam a indústria do táxi.

A empresa americana informou que espera que os veículos voadores eventualmente se tornem um método acessível de transporte em massa.

No ano passado, Uber e a brasileira Embraer fecharam um acordo para desenvolver um protótipo de veículo elétrico capaz de voar.

Mais lidas nesse momento