Mais de 61 mil eleitores não realizam recadastramento biométrico no Piauí

Cerca de 97% do eleitorado realizou a atualização digital até o prazo final. Os demais podem perder benefícios

O recadastramento biométrico realizado no Piauí encerrou no dia 06 de março e 97,35% do total de 2.340.051 eleitores do Estado tiveram sua identificação pela digital atualizada. Contudo, exatas 61.895 pessoas não fizeram o recadastramento até o prazo final.

O eleitor que não realizou o recadastramento, além de ter seu titulo cancelado e ficar impedido de votar nas eleições de 2018, ficará impossibilitado também de tirar passaporte, se inscrever em concursos públicos e receber salário de qualquer função ou emprego público.

Foto: Reprodução TSE
Foto: Reprodução TSE

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além do Piauí, mais sete estados e o Distrito Federal concluíram a biometria. São eles: Alagoas, Sergipe, Amapá, Goiás, Tocantins, Roraima e Paraíba.

Nesta segunda-feira (12), o recadastramento biométrico já alcançava 79.290.227 (54,21%) dos 146.257.175 eleitores do país. A Justiça Eleitoral prevê o cadastramento de todo o eleitorado brasileiro na biometria até 2022. 

Mais lidas nesse momento