"Estamos indignados", disse Hudson sobre confronto com o Ituano

Tricolores avaliaram o duelo em Itu e ressaltaram a união para superar este momento de adversidade

Juntos, unidos e com disposição para trabalhar e corrigir os erros para superar este momento adverso. Assim os tricolores deixaram o Estádio Novelli Júnior na noite desta quarta-feira (21) após o revés para o Ituano, por 2 a 1, em duelo atrasado da sétima rodada do Campeonato Paulista.

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net
Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

“Tivemos dificuldades para desenvolver o nosso melhor futebol, e infelizmente não conseguimos colocar em prática o que trabalhamos com o Dorival. Ele sempre nos orienta bastante nos treinos, mas não conseguimos levar para dentro de campo”, analisou o volante Hudson, que teve a opinião compartilhada pelo atacante Marcos Guilherme.

“O grupo tem total confiança no trabalho do Dorival Júnior e nos jogadores. Temos de colocar a cabeça no travesseiro e saber que não pode errar tanto assim. Cada um tem sua autocrítica para saber o que melhorar”, analisou o camisa 23 logo após o confronto disputado no interior paulista.

Assim como a dupla, o técnico Dorival Júnior avaliou a partida e chamou a responsabilidade. “A derrota é coletiva. O responsável é o treinador e não vou fugir da responsabilidade jamais. Não fizemos uma boa partida, tenho de reconhecer isso, diferente de domingo, mas jamais vou deixar de pontuar que o responsável é o treinador e não os jogadores. Foi uma partida bem abaixo do que poderíamos”, afirmou o comandante, que completou.

“Há indignação de todos nós no vestiário, pois sabemos que podemos jogar mais. Temos de buscar a recuperação o mais rapidamente possível. O futebol nos permite sair de um momento ruim para buscar a recuperação. Ao mesmo tempo, tenho consciência de que está sendo feito um bom trabalho no São Paulo e que o time pode crescer muito. É claro que os resultados não nos satisfazem, mas eu tenho muita confiança nesse grupo, sei o potencial que essa equipe pode alcançar. Existe uma indignação de todos ao que podemos produzir e o que fizemos hoje, mas vamos melhorar, eu confio muito nisso”, acrescentou.

Apesar do revés, o time são-paulino se manteve na liderança do Grupo B, com dez pontos. No próximo final de semana, em busca da reabilitação, o Tricolor receberá a Ferroviária no Morumbi, em duelo válido pela nona rodada do estadual.

“Tenho de dar uma esfriada, recompor, avaliar o que foi feito e pensar domingo. Claro que existe uma indignação coletiva de todo grupo, e há da mesma forma consciência de que sairemos dessa situação. Estamos indignados, porque podemos jogar muito mais. Não tenho dúvidas: São Paulo vai chegar ao que todos queremos. Tenho muita confiança neste grupo”, finalizou.

Mais lidas nesse momento