"Triste pela derrota, mas temos de seguir em frente e trabalhar", diz Cueva

Partida aconteceu nesse domingo e Santos venceu por 1 a 0

Durante a maior parte do clássico deste domingo (18), no Morumbi, o Tricolor controlou as ações da partida e criou boas oportunidades para balançar as redes no San-São, principalmente no primeiro tempo. No entanto, em uma rápida escapada na segunda etapa e fechado no campo de defesa, o Santos levou a melhor e venceu por 1 a 0.

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net
Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Assim que a bola parou de rolar, o elenco avaliou o duelo válido pela oitava rodada do Campeonato Paulista. “Temos que vencer jogos grandes como esse. Não podemos vacilar em clássicos, ainda mais em casa. Criamos, mas pecamos no último passe. O Gabriel foi feliz na finalização e fez o gol”, avaliou o volante Jucilei, que completou.

“Temos de continuar trabalhando para melhorar esse último passe nos próximos. Quando ganha é todo mundo, quando perde é todo mundo”, analisou o meio-campista, que teve a opinião compartilhada pelo centroavante Diego Souza. O camisa 9 também lamentou que a superioridade são-paulina não foi concretizada em gols.

“A pressão é grande, a gente sabe que para jogar aqui tem que ter personalidade. A gente merecia a vitória pelo que fez no primeiro tempo, mas o futebol tem disso. O Santos fez o gol e se fechou. A gente atacou, teve penetração, jogadas de combinação, mas faltou caprichar mais nas finalizações para vencer”, afirmou

O meia Cueva também analisou o San-São. “Estamos tristes pela derrota, mas temos de seguir em frente e trabalhar para melhorar”, disse. Com o resultado, o Tricolor se manteve com 10 pontos no Grupo B. Na noite da próxima quarta-feira (21), às 21h45, em duelo atrasado da sétima rodada, o time são-paulino enfrentará o Ituano, no Estádio Novelli Júnior.

Mais lidas nesse momento