Agentes de Saúde de Timon conseguem na Justiça implantação de adicional de insalubridade

Justiça garante direito aos Agentes Comunitários de Saúde de Timon

Os agentes saíram às ruas em luta por seus direitos agora garantidos
Os agentes saíram às ruas em luta por seus direitos agora garantidos

Os agentes de saúde de Timon conseguiram na Justiça, através de ação movida pelo Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde de Timon (ACS), a implantação do percentual de 20 por cento referente ao adicional de insalubridade a que eles têm direito, a partir do mês de dezembro de 2017, portanto no próximo contracheque a ser recebido este mês.

A conquista é uma luta de cinco anos da categoria, que apesar de buscar o entendimento com a atual gestão do município realizou várias manifestações públicas em busca do apoio da sociedade que compreendeu a necessidade de os profissionais serem contemplados com mais esse benefício.

De acordo com o presidente do Sindicato Erivaldo Lima, a determinação judicial é de 20 por cento algo em torno de 204 reais nos salários dos agentes, mas o sindicato reivindica 30 por cento, que é percentual que consta nos autos da ação, diz o presidente, que afirmou que o ACS lutará pela incorporação de mais 10 por cento para a categoria.

Segundo Erivaldo, ainda tramita na justiça ação de precatórios em favor do agentes de saúde de Timon que já tem resolução de cronograma de pagamento. Essa ação tramita há mais de 10 anos, diz o presidente. Na avaliação da assessoria jurídica do sindicato, como o processo está tramitando desde 2012 e se definindo agora antes desta decisão, outra ação de 2007 para a implantação da insalubridade e que foi reforçada em 2013 por decisão do governo federal, adiantou Erivaldo.