Lula desidratou

Ontem, mais uma pesquisa Datafolha mostrou que a prisão de Lula nem levou massas enfurecidas para as ruas nem votos na urna para o ex-presidente. Pelo contrário, Lula variou de 37% em pesquisa anterior para 31% ou 30%, a depender do cenário. Trata-se de uma variação gigantesca, porque isso representa quase um quinto das intenções de voto anteriormente registradas em favor do ex-presidente. Há nisso uma evidência de que não há vida fácil para ele nem para qualquer um dos postulantes à Presidência da República. O cenário é de pulverização das intenções de voto, com todos os candidatos ficam abaixo de um quinto delas e a imensa maioria com menos de 10%. A saída de Lula do páreo, que é uma certeza para todos, menos para o PT, indica que pós-Lula poderá ser desenhado como uma campanha de muitos candidatos com poucos votos. Desenha-se uma disputa em segundo turno a ser definida pela capacidade de articulação política agora, para reduzir a quantidade de candidatos e, obviamente, a capacidade de encantar o eleitor com um discurso embalado da melhor e mais palatável maneira. Aconselha-se a quem tem juízo e faz conta a considerar Lula como um grande eleitor fora do páreo e olhar para dois candidatos em especial: Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT). Eles podem, sim, ser finalistas em outubro.

Fazendário aposentado, Antônio Gonçalves é, no entanto, um ativo ativista político, com candidato já definido a presidente: olha ele aí com o senador Álvaro Dias.
Fazendário aposentado, Antônio Gonçalves é, no entanto, um ativo ativista político, com candidato já definido a presidente: olha ele aí com o senador Álvaro Dias.

Conversa
Está todo mundo conversando. Uma evidência disso foi o cordial encontro permitido pela presença do ex-tucano Álvaro Dias em Teresina, no sábado. No restaurante Latitude 30, estavam Firmino Filho (PSDB), Elmano Ferrer (Podemos, o partido do senador paranaense) e João Vicente (PTB).

Encerrando
No campo da oposição, a chapa formada pelo tucano Luciano Nunes inclui um vice apontado por Mão Santa e dois candidatos a senador já definidos: Wilson Martins (PSB) e Robert Rios (DEM). Tem pouco espaço para conversas porque de rascunho se passou a desenho mesmo da chapa.

Risco
João Vicente Claudino, que fala em política como a arte da conversa, corre o risco de ficar pregando no deserto junto com Dr. Pessoa e Elmano Férrer. O deputado estadual não quer conversa com Luciano Nunes, nem com Wilson Martins nem com Robert Rios. Corre o risco de não ter quem o ouça. JVC, idem.

Mas...
Tem conversas que são paralelas. Caso das levadas a efeito por Ciro Nogueira, que fala com todo mundo para obter apoio, mas já encerrou diálogos sobre candidatura a governador. Ele está com Wellington Dias (PT) e ponto final.

Fica, Margarete!
Segue o esforço de todo o Progressistas e de uma banda bem grande do PT para que Margarete Coelho seja mantida como vice de Wellington Dias.

Fale, pague!
Millôr Fernandes, nos tempos da ditadura ruim que os bestas acham boa, dizia que “livre pensar é só pensar”. Agora, liberdade representa dizer o que se quer, inclusive mentiras. Mas há um preço a pagar: a Justiça pode enquadrar quem, ao falar, comete um crime. Bolsonoro, o presidenciável, experimenta esse novo momento. Ele faz parte do grupo saudoso da ditadura.

Vistoria
Deputados e senadores ligados a Lula forçam a porta da prisão em que o ex-presidente está detido, em Curitiba. Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) quer que o Senado autorize uma inspeção no local.
Alguém avise à senadora que mais urgente é inspecionar aquela penitenciária no Pará, onde morreram 40 presos.

Restauro
Ciro Nogueira conseguiu uma verba de R$ 2,5 milhões para uma ampla reforma do hospital de União, cidade a 50 km de Teresina. O prefeito local, Paulo Henrique, que é médico, anda sorrindo com as paredes, porque essa era uma promessa de campanha dele.

Troca de guarda
Venâncio Cardoso deverá deixar a Câmara Municipal. Vai para o lugar do correligionário Aluísio Sampaio, atualmente secretário municipal de Desenvolvimento Econômico do prefeito Firmino Filho. Os dois vereadores são filiados ao Progressistas.

Mãozinha
A Secretaria de Assistência Social vai destinar R$ 112 mil para ajudar vendedores instalados na “Rodoviária dos Pobres”, zona Sul de Teresina, deslocados de lá por causa da obra de duplicação da BR-316.

Economia
O IBGE e o Departamento de Economia da UFPI promovem hoje, às 16 horas, no auditório Noé Mendes, a palestra Números do Mercado de Trabalho no Piauí, proferida pela gerentes de pesquisas e da Coordenação de Rendimento e Trabalho do IBGE, Maria Lúcia França Pontes Vieira.

Atenção
Valerá a pena ir, porque ela vai expor os números mais atuais do mercado de trabalho no Piauí, bem com apresentará aspectos metodológicos e conceituais da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (PNADC) sobre ocupação, desocupação e subemprego.

Ping Pong

A escada

Chefe de Gabinete do vereador João Cláudio, o produtor cultural Airton Martins conversa com Abelardo Carvalho, no Bom de Bola. Aírton é um dos prováveis candidatos a vereador do PC do B.
Abelardo: “Você vai ser escadinha pro Marcus Peixoto, o outro candidato?”
Airton (muito humilde): “Eu vou ser escada para muita gente...”
Abelardo: “Mas você se conforma em ser escada?”
Airton: “Rapaz, eu não sou qualquer escada, eu sou uma magirus”.

Originalmente publicado em 13 de fevereiro de 2008.

Expressas

A Secretaria de Turismo segue fazendo calçamento. Contratou empresas para pavimentar ruas em Valença e Castelo do Piauí.

Os meteorologistas avisam que as chuvas devem amainar a partir desta segunda quinzena de abril.

Aliás, a chuva que sobra no Norte do Piauí faltou no Sudeste do Estado, onde reservatórios seguem muito abaixo de sua capacidade.